Quinta-feira, 17 de Setembro de 2009

Só Peso

Nova Imagem Só Peso

O Só Peso abriu em 1998, com um pequeno restaurante, em Oeiras.

Actualmente, o grupo detém 19 restaurantes localizados nos maiores centros de consumo e nos melhores Centros Comerciais por todos o país (Lisboa, Porto, Oeiras, Cascais, Coimbra, Faro, Almada, Loures, Benfica, Aveiro, Gaia, Seixal, Matosinhos e Guia).

O conceito do Só Peso é simples, consiste na restauração tradicional, com serviço de 'buffet', em que o preço varia apenas com a quantidade de comida que o cliente deseja comprar, sendo portanto o cliente quem faz o preço da sua refeição.

Desta forma, garantem a todos os clientes uma refeição de qualidade com grande variedade, a um preço acessível, num ambiente simples e acolhedor, com um serviço rápido e simpático.

O restaurante dispõe, ainda, de um cartão de cliente, que permite ter descontos nos seus consumos e pode também dar o direito a bebidas, sobremesas, ou mesmo, refeições gratuitas.

O grupo Só Peso conta, emprega nesta altura, cerca de 400 colaboradores e está sediado em Loures.

Publicado por Rebrand às 21:54
permalink

Carrefour

Nova Imagem Carrefour

O grupo Carrefour é uma rede internacional de hipermercados, fundada em França, pelas famílias Fournier e Defforey, no ano de 1959. O primeiro supermercado abriu na cidade de Annecy, já em 1960.

O conceito de hipermercado foi criado pelo grupo Carrefour, abrindo o primeiro espaço com  essas características (2500 metros quadrados) na cidade de Saint-Geneviève-des-bois, em França.

Em 1970, as acções da empresa entram na bolsa de Paris. Três anos depois, o grupo Carrefour abre a sua primeira loja em Espanha com o nome de Pryca. Em 1975 abre o primeiro Carrefour no Brasil.

No ano 1976, o Carrefour introduz os produtos de marca branca, oferecem a mesma qualidade, mas são mais baratos. Em 1979, abriu a primeira loja Ed, em França.

Em 1982, o grupo abre o primeiro hipermercado na Argentina e mais tarde, em 1989, abre o primeiro na Ásia, mais precisamente em Taiwan.

No início da década de 90, compra as cadeias Euromarché e Montlaur e abre hipermercados em Itália, Turquia, México, Malásia, China, Tailândia, Coreia, Hong Kong, Singapura, Polónia, Chile, Colômbia e Indonésia.

Em 1999, funde-se com a Promodès (empresa fundadora de cadeias como o Continente e o Dia) e torna-se na maior cadeia de alimentação da europa e segunda do mundo. Em 2004, o grupo possuía cerca de 10 mil espaços comericais, contando com cerca de 400 mil empregados.

Em Portugal, o Carrefour chegou em 1992 e abriu o seu primeiro hipermercado em Telheiras, Lisboa. Contava em 2007 com 12 lojas e 8 postos de combustíveis quando foi vendido ao Grupo Sonae. No entanto, o grupo ainda se encontra em Portugal, sob a insígnia de Minipreço, que pretence ao grupo Dia (adquirido pelo grupo Carrefour aquando da sua fusão com a Promodès).

Quanto à imagem, que se mantém quase inalterada, com mudanças ao nível do lettering, o continua com o seu logótipo, que é um "C" branco no meio de duas setas, uma vermelha e outra azul, correspondendo à bandeira francesa. As setas do logótipo representam o local onde a primeira loja foi aberta, pois ficava num cruzamento "carrefour".

Publicado por Rebrand às 09:12
permalink
Quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

Audi

Nova Imagem Audi

August Horch iniciou, em 1899, um projecto para a construção de automóveis, em Zwickau, perto de Colónia (Alemanha), fundando a marca Horch. Nessa altura, num ritmo quase alucinante para a época, a Horch produziu cinco modelos diferentes até 1909, sendo que nesse ano, Horch viria a abandonar o projecto devido a divergências com alguns directores da marca, deixando que, contudo, continuassem a utilizar o seu nome, mas os responsáveis não ficaram totalmente satisfeitos e devido a Horch em alemão significar "escuta", traduzindo para latim fica "Audi", dando origem ao actual nome da empresa.

Em meados dos anos 1910 surgiu o primeiro Audi, o modelo Type A. No ano seguinte seguiu-se o modelo Type B, com o mesmo motor, mas ainda mais potente. Até ao começo da Primeira Grande Guerra a Audi construiu seis modelos de passageiros, seguindo as indicações de fiabilidade e inovação do seu fundador, tendo a produção atingindo as 754 unidades, demonstrando o rápido crescimento da empresa. Após a Primeira Grande Guerra, a Audi recomeçou a produção de veículos, segundo as novas estratégias de fabrico e em 1921, o modelo K começou a ser comercializado, tendo sido o primeiro veículo a adoptar o volante à esquerda, enquanto os restantes construtores optavam por colocá-lo à direita, o que se revelou numa opção pioneira, justificada por diversos estudos e evidenciou-se como sendo a mais correcta.

Em 1923, a Audi lançou o seu primeiro carro com 6 cilindros e posteriormente lançou o modelo R, com um motor de 8 cilindros e 100 cavalos, que alcançava uma velocidade máxima de 110 km/h.

No ano de 1928, J. Rasmussen, dono do império DKW, adquiriu a Audi e planeou continuar a produzir veículos de grandes dimensões, mas a estratégia foi abandonada em prol dos modelos equipados com motores de menor cilindrada, surgindo em 1931 o modelo P, em que a grande novidade estava no motor de quatro cilindros de origem Peugeot.

Com as mesmas ideias e recursos, segmentando a sua oferta não só perante o crescente mercado alemão, mas também com vista no mercado europeu, em 1932 a Audi fundiu-se com a Horch, a DKW e a Wanderer, formando a Auto Union, antecipando nessa altura o conceito de grupo industrial que se assume como fundamental nos dias de hoje.

A Auto Union, deu um sinal claro quanto à estratégia a seguir, mantendo de uma forma consistente e visível a identidade de cada uma das marcas, conservando no essencial cada uma das suas características e valores. Um dos primeiros modelos Audi lançado sobre a égide da Auto Union foi o modelo Front, que apresentava tracção dianteira, suspensão independente às quatro rodas e a sua motorização de seis cilindroes, com 40 cavalos que era oriunda da Wanderer.

Com o fim da Segunda Guerra Mundial todas as fábricas do grupo foram desmanteladas, tendo a Auto Union que se mudar da Alemanha Este para a parte Ocidental, iniciando aí a sua reconstrução, na Bavaria, nomeadamente, em Ingostadt. Após um período sobre a alçada da Daimler-Benz, em 1964 a empresa é adquirida pelo Grupo Volkswagen que compra todas as instalações e direitos comerciais.

A Audi renasce, assim, das cinzas, construíndo em poucos anos uma imagem de eleição, devido à sua aposta na competição, sempre com o famoso sistema 'quattro', de tracção intregal permanente, que confere ainda hoje grande reputação à marca.

Em 1966 surgiu o Audi 80, sucessor do F102, e que antecedeu o lançamento do Audi 100 que surgiu no Outono de 1968, dando início a uma geração de modelos bem-sucedidos da gama média-alta.

Na década de 70, a Audi optou definitivamente pela tecnologia como vertente estratégica e a apresentação de um motor com cinco cilindros em linha foi disso exemplo, mas uma das mais importantes contribuições foi a tracção integral permanente, como forma de optimizar o comportamento dinâmico e melhorar a segurança activa dos veículos.

No Salão de Genebra, em 1980, a Audi apresentou, finalmente, à imprensa e ao público em geral, o novo Audi quattro, equipado com um bloco de cinco cilindros em linha, com turbocompressor que debitava 177 cavalos de potência.

Nos anos 90, a Audi continuou com o seu leque de oferta ainda mais ambicioso, ainda que com o fim do modelo quattro, que foi um dos maiores êxitos da marca, pois o objectivo era vender as 400 viaturas produzidas, mas ao fim de onze anos foram vendidas mais de 11 mil unidades.

Em 1994, a Audi iniciou o reposicionamento da sua gama, através das dimensões motorizações e equipamentos, assim como pelas deignações comerciais (letra A e algarismo caracterizador do modelo). Nessa altura a Audi lançou o A8. Ainda nesse ano, lançou o A4, que se tornou "best-seller" e que foi responsável pela consolidação da marca no conjunto das marcas de prestígio, pois foram vendidos no mercado alemão cerca de 120 mil viaturas. Desde essa altura, que a Audi faz chegar ao mercado os seus modelos de forma faseada e direccionada aos vários segmentos de mercado.

Quanto à sua imagem, a Audi já a alterou diversas vezes, mesmo depois da união de 1932.

Nesta nova imagem, de notar a alteração do tipo de letra, uma vez que a anterior já vinha desde 1985 e a parte cromada das "quatro argolas" estão agora mais estilizadas.

Publicado por Rebrand às 15:37
permalink

Opera Browser

Nova Imagem Opera

 O Opera é um navegador de internet (web browser), desenvolvido pela empresa Opera Software.

Este navegador permite executar as tarefas mais comuns, como aceder a 'sites' de internet, enviar e receber mensagens de correio electrónico, etc.

O navegador começou por servir, em 1994, para as pesquisas internas da Telenor, a maior empresa de telecomunicações da Noruega.

Em 1995, tornou-se independente, ficando a cargo da empresa Opera Software, tendo sido lançado mais tarde, apenas em 1996 lançado para o público em geral e desde essa altura pode ser descarregado gratuitamente do 'site' da empresa, operando em todos os sistemas operativos,em geral, contudo, não é o preferido da maioria dos utilizadores. Actualmente o Opera já se encontra na versão 10.00, lançada em Dezembro de 2008.

Existem, também, versões deste navegador para diversos dispositivos para além dos computadores, tal como o Opera Mobile, que é uma versão concebida para os "smartphones" e PDA. Para os telemóveis existe o Opera Mini, que através da plataforma Java ME, permite o acesso à internet.

Outro dos dispositivos que utiliza este navegador é a Nintendo DS, sendo o Nintendo DS Browser é uma versão do Opera feita exclusivamente para esta consola.

O Opera Browser já foi distinguido por diversas vezes com prémio de revistas e "websites" da especialidade e a empresa Opera Software está sempre a tentar melhorar o produto, com o objectivo de estar à frente da concorrência.

Publicado por Rebrand às 09:46
permalink
Sexta-feira, 4 de Setembro de 2009

IAAF

Nova Imagem IAAF

A Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) é o organismo que administra internacionalmente o atletismo e está, desde 1993, sediada no Mónaco.

Foi fundada em 1912, durante a Primeira Guerra Mundial, por 17 representantes nacionais de federações de atletismo, num congresso, em Estocolmo na Suécia. Nessa altura, foi designada de Federação Internacional de Atletismo Amador (International Amateur Athletics Federation).

Desde 1982, a IAAF alterou várias regras internas que permitem aos atletas receber compensações económicas através das suas participações nas provas de atletismo. Apesar disto, a IAAF manteve a palavra "amador" no seu nome até ao congresso de 2001, onde adoptou o significado actual da sigla.

Um dos principais objectivos da IAAF é a padronização de métodos para medir os tempos nas provas cronometradas, assim como a manutenção e reconhecimento dos recordes do mundo de atletismo nas suas categorias, competindo-lhe também organizar inúmeras provas de atletismo em todo o mundo, tais como, Campeonato do Mundo de Atletismo, Campeonato do Mundo de Atletismo em Pista Coberta, Campeonato do Mundo de Meia Maratona, Taça do Mundo de Atletismo, Liga de Ouro de Atletismo, Campeonato do Mundo de Cross Country, entre outros.

Fazem parte da IAAF seis associações continentais: Associação Europeia de Atletismo, Associação de Atletismo da América do Norte e Caribe, Confederação Sul-Americana de Atletismo, Associação Asiática de Atletismo, Confederação Africana de Atletismo e a Associação de Atletismo da Oceania.

A IAAF já teve cinco presidentes, sendo actualmente (desde 1999), Lamine Diack do Senegal.

Publicado por Rebrand às 10:58
permalink

O Alfabeto Português!

Todas as letras e todas as regras do alfabeto da língua portuguesa!
alfabeto.pt/o-alfabeto-portugues.html
Rebrand de A a Z: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Rebrand © 2013

MAIS RECENTES

Solvay

Grupo CGI

American Airlines

Nivea

SAAB

MEO

VH1

Food Network

Strada Outlet

E.Leclerc

CATEGORIAS

Automóveis Internet
Comércio e Retalho Moda
Comida e Bebidas Novas tecnologias
Desporto Org. Internacionais
Educação Saúde e Bem-estar
Entretenimento Serviços Financeiros
Grande Consumo TV e Comunicação
Identidade Corporativa Viagens e Turismo

ARQUIVO

2012: 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12
2011: 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12
2010: 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12
2009 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12